Tosar ou não tosar? 18


tosa_bebeTosar ou não tosar? Já falamos um pouco sobre as grandes dificuldades que os cães enfrentam no verão. A tosa é uma grande dúvida que atormenta a cabeça dos donos de cachorros com pelagem longa, principalmente na época de altas temperaturas. Neste artigo vamos esclarecer essas dúvidas e analisar as principais vantagens e desvantagens referentes à tosa.

Quando começa o calor, os problemas para o seu cachorro podem iniciar ao mesmo tempo, principalmente se seu cão é “Braquicefálico”, ou seja, focinho curto. Isso faz com que seu cão possa desenvolver dificuldade com a respiração.  Veja algumas raças com essa predisposição: Bulldog Inglês e Francês, Lhasa-apso, Pequinês, Pug, Shih-tzu, entre outras. Se o cachorro tiver a pelagem longa o problema pode ser ainda maior no verão, fique atento a alguns sintomas:

  • Aumento brusco da ansiedade do animal,
  • Batimentos cardíacos acima do normal,
  • Desidratação,
  • Respiração ofegante,
  • A insolação deixa o cão sobre um estresse muito perturbante, então cuidado a exposição ao sol.

Mas e ai, deixar o cachorro peludão ou mantê-lo tosado no verão?

É nítido e perceptível a inquietação dos cachorros com pelagens longas no verão. Esses cães ficam praticamente o tempo todo com a língua para fora da boca e deitados no piso gelado.

Algumas pessoas costumam dizer que os cachorros com pelagem longa aguentam tranquilamente o calor, mas não é bem assim.  Uma coisa é deixar esses cachorros o tempo todo em ambientes com temperaturas agradáveis, a outra é deixar esses mesmos cães em ambientes normais no verão.

Vamos dar um exemplo prático e simples: Imagine você com um cobertor sobre sua pele em um calor de 36 °C. Tente imaginar essa situação, você saindo para o mercado, entrando no carro, indo trabalhar com esse cobertor nas suas costas. Agora imagine essa mesma temperatura, com esse mesmo cobertor dentro da sua casa, mas com o ar condicionado ligado. Nessa segunda opção é até aceitável.  Esse exemplo é para você  tentar entender o que o cachorro com pelagem muito longa sofre no verão. Dentro de casa com ar condicionado e temperatura agradável, tudo bem. Mas, na rua, no sol, no calor, a situação se complica muito.

Tosar os cães de pelagem longa é uma dica para o verão, os cães ficam mais felizes e mais dispostos para brincadeiras e passeios.

Se a opção for a tosa fique atento a pele do animal, pois os cães com pelos mais longos possuem a pele mais sensível que os cachorros com pelagem naturalmente curta. Evite deixar seu cachorro no sol após a realização da tosa, queimaduras solares podem causar muitos transtornos. Mesmo que o tempo esteja nublado e temperatura agradável evite o horário de sol, caso contrário aplique filtro solar para cachorros.


E os cães com pelagem curta, necessitam ser tosados?

A tosa também facilita muito a visualização de pulgas e carrapatos.

tosa_bebe_amamos

E quando o frio chegar?

Calma, pode relaxar! Mesmo que seu cachorro tenha sido tosado, até o inverno ele estará com uma boa camada de pelos novamente. Aproximadamente, 3 a 4 meses, após a realização da tosa, o pet estará com pelos longos. É claro, que ainda não vai ser aquela pelagem enorme, mas com o passar dos meses ele ficará peludão de novo.

E se esfriar de surpresa? A outra opção é utilizar alguma camiseta leve ou roupa no seu cachorro se caso o frio aparecer eventualmente.

Dica:

Nunca se esqueça de manter a água sempre limpa e fresca. Em caso de passeios e caminhada, sempre tenha em mãos uma garrafa com água para seu animal de estimação, a desidratação pode matar.

Não se esqueça de respeitar o horário indicado para passeios no verão. Antes das 10hs da manhã e após as 17hs.

Conheça a diferença da tosa com a máquina e a tosa com a tesoura. Leia o artigo e saiba mais.