Weimaraner


Weimaraner_6

O Weimaraner chama atenção pela sua pelagem cinza e seus olhos claros. É um cão de caça e fiel companheiro do seu dono.

Origem e história da raça

A Alemanha sempre foi um país rico em vida selvagem, e as raças de cães alemães ganharam a reputação de estarem entre as melhores do mundo. O Weimaraner foi produzido no século 19 durante um esforço para criar um cão de caça ideal que servisse para caças de todos os tamanhos, incluindo veados e ursos. O trabalho teve apoio da corte de Weimar, e a raça foi chamada no começo de Pointer Weimar. Alguns dos ancestrais da raça incluem Bloodhound, Schweisshund vermelho e antigas raças pointers. A origem da sua cor cinza característica é desconhecida, mas sempre foi uma marca desde o começo da raça. A evolução da raça foi acompanhada de perto pelo German Weimaraner Club. Os cães só podiam ser vendidos aos membros e era difícil fazer parte do clube. Cães de produções não aprovadas não podiam ser registrados, e alguns espécimes frágeis tiveram de ser destruídos. O Weimaraner só deixou sua terra natal quando um americano conseguiu entrar para o clube e obteve permissão para levar dois cães para a América, em 1929. Os primeiros Weimaraners americanos tiveram um desempenho tão extraordinário em competições de obediência que despertaram interesse. Na medida em que a raça ganhava mais admiradores, foi descoberto também seu valor como companheiro de caça. O reconhecimento pelo AKC veio em 1943. A beleza da raça e sua versatilidade como cão de caça pessoal, estimação e competição, garantiram seu futuro.

Temperamento

É corajoso e bravo. Ele ama correr e caçar e fica frustrado e destrutivo quando é encurralado. Ele pode ser teimoso, e funciona melhor com uma família ativa que goste de atividades ao ar livre e busque um companheiro divertido.

WeimaranerCuidados

Atividades exaustivas todos os dias são obrigatórias para esse tipo de cão. Ele precisa esticar as pernas, correr e explorar em áreas grandes e seguras. Sendo um cachorro social, ele vive melhor se puder dividir seu tempo entre a casa e o quintal. O pelo é fácil de manter, e basta escová-lo de vez em quando para remover pelos mortos.

Saúde

  • Principais Preocupações: Torção gástrica
  • Preocupações Menores: Disrafismo espinhal, CHD (Displasia canine do Hip) , entrópio, distiquíase, vWD, hemofilia A, osteodistrofia hipertróica
  • Vistos Ocasionalmente: Processo de separação anconeal, eversão da membrana nictitante.
  • Exames sugeridos: Quadril, olhos, sangue
  • Expectativa de Vida: 10 à 13 anos
  • Grupo: 7
  • Família: Cão de caça, pointer, cão de caças variadas
  • Área de origem: Alemanha
  • Função Original: Arrastar grandes caças
  • Tamanho médio do macho: Alt: 63-68 cm, Peso: 31-38 kg
  • Tamanho médio da fêmea: Alt: 58-63 cm, Peso: 31-38 kg
  • Outros nomes: Weimaraner vorstehhund
  • Posição no Ranking de inteligência: 21º posição

 

WeimaranerCães semelhantes

APARÊNCIA GERAL: Cão de caça, de tamanho médio para grande. Adaptado ao  trabalho, de forma harmoniosa, com tendões visível e muito musculoso.

CABEÇA 

REGIÃO CRANIANA 

Crânio: Em harmonia com a altura do corpo e a região facial. Mais largo nos machos  do que nas fêmeas, mas em ambos a relação entre a largura do crânio e o comprimento total da cabeça deve ser de boa proporção. Média depressão na região frontal. A protuberância occipital é marcada ligeira a moderadamente. Arcadas  zigomáticas  bem visíveis atrás dos olhos.

REGIÃO FACIAL 

Trufa: Grande, protrusa sobre o maxilar inferior. Cor de  carne escura, fundindo gradualmente em cinza na sua parte posterior.

Focinho: Longo e, especialmente nos machos, forte, parecendo quase angulado. Região  dos caninos, pré­molares e molares igualmente fortes. Cana nasal reta, freqüentemente  arqueada, nunca côncava.

Lábios: Moderadamente profundos, cor de carne, como são as gengivas. Ligeiras  comissuras labiais.

Maxilares / Dentes: Maxilares fortes, dentição completa, regular e forte. Mordedura em tesoura.

Bochechas: Musculosas, bem definidas. Cabeça seca.

Olhos: Cor âmbar, do escuro ao claro; com expressão inteligente. Cor azul céu nos filhotes. Redondos, apenas oblíquos. Pálpebras bem aderentes.

Orelhas: Lobulares, largas e bastante longas, alcançando quase a comissura labial.  Inseridas altas e estreitas, arredondadas na ponta. Em atenção, ligeiramente voltadas  para a frente e dobradas.

PESCOÇO: De porte nobre. Vista de perfil, a linha superior é arqueada. Musculoso,  quase redondo, não muito curto, seco. Ficando mais forte perto dos ombros e inserindo­ se harmoniosamente na linha superior e no peito.

TRONCO 

Linha superior: Acima da cernelha bem definida, a linha do pescoço arqueada fundo­ se harmoniosamente num dorso relativamente longo e firme.

Cernelha: Definida.

WeimaranerDorso: Firme e musculoso, sem ser selado, porém não mais alto em sua parte posterior.  Dorso ligeiramente mais longo, uma característica da raça.

Garupa: Pélvis longa e moderadamente inclinada.

Peito: Forte, mas não demasiadamente largo,  com comprimento e profundidade  suficientes para quase alcançar o cotovelo. Bem arqueado, sem ser em barril, com costelas longas. Antepeito bem desenvolvido.

Linha inferior e ventre: Ligeiramente levantados, mas não esgalgados.

CAUDA: Inserida ligeiramente mais  baixa do que em  outras raças  comparáveis.  Cauda forte e bem coberta de pelos. Em repouso, portada pendente, em alerta ou em  ação  é portada em posição horizontal ou mais levantada.

MEMBROS  ANTERIORES 

Geral: Membros altos, tendinosos, retos e paralelos, não muito separados.

Ombros: Longos e oblíquos. Bem aderentes e fortemente musculosos. Boa angulação das articulações dos ombros.

Antebraços: Inclinados, longos e fortes.

Cotovelos: Livres e retos. Não voltados nem para fora, nem para dentro.

Braços: Longos, retos e verticais.

Corpos: Fortes e firmes.

Metacarpos: Fortes, tendinosos e ligeiramente oblíquos.

Patas: Firmes e fortes. Colocados retos em relação à linha mediana do corpo. Dedos  arqueados. O dedo médio é mais longo, uma característica da raça. Unhas do cinza claro até o cinza escuro. Almofadas bem pigmentadas  e duras.

MOVIMENTAÇÃO:

Em todos os tipos de movimentação, as passadas cobrem bem  o solo, são fluentes. Anteriores e posteriores  colocados paralelos. Galope longo e  plano. No trote, o dorso continua firme.

PELE:

Forte. Não demasiadamente aderente.