Fox Terrier pelo liso


fox terrier pelo lisoFox Terrier de pelo liso

O Fox Terrier é considerado o cavaleiro do grupo dos terrier.

Possui porte médio, com aparência destemida e encantador. É um legitimo caçador nato.  Está sempre preparado e pronto para um desafio.

O Fox Terrier não é uma raça muito popular no Brasil. Mas nos EUA e Europa o Fox terrier de pelo liso é uma raça muito popular.

Origem e história da raça

Ambas as variedades do Fox terrier (pelo liso e pelo duro) são de origem Britânica. Acredita-se que sua existência vem dos mesmos cães originados do Bull Terrier e Black and Tan Terrier.

A uniformidade do tipo desta linhagem foi estabelecida no final de 1800. O padrão original do Fox terrier foi elaborado em 1876.

O Fox terrier é considerado o mais alerta e vivo dos terrier.

É um cão que está sempre pronto para lidar com ratos, coelhos e principalmente raposas. É capaz de aguentar grandes quantidades de exercícios diários.

Acredita-se que no inicio a raça era uma caçadora de raposas.

  • Raça: Fox Terrier Pelo Liso
  • País de origem: Grã-Bretanha
  • Nome original: Fox Terrier (Smooth)
  • Utilização: Caça e cão de companhia.
  • Porte: Médio
  • Necessidade de exercícios diários: Alta
  • Adestrabilidade: Alta
  • Expectativa de vida: 13 a 15 anos
  • Temperamento: Amigável, destemido e sociável.
  • Grupo 3
  • Ranking da inteligência: 40º posição

Características

Com temperamento alegre e destemido, é um cão muito ativo e amigável. É um cachorro muito rápido, apesar do seu tamanho é considerado forte, inteligente e muito ágil. Adapta-se bem a apartamentos, porém necessita de passeios e atividades diárias.  No geral é um cão rústico, com resistência, enérgico e incapaz de ficar inquieto.

Tamanho do Fox Terrier Pelo liso

Altura: 39 cm

Peso do macho: 7.5 a 8 Kg

Peso da fêmea: 7 a 7.5 Kg.

Pelagem

Curta e lisa com predominação da cor branca. Mas possuem marcações na pelagem com a cor preta ou castanha.

Fácil de cuida e de manter.

fox terrierCuriosidades

O Fox terrier de pelo liso já foi estrela dos quadrinhos pela série de ficção de historias em quadrinhos conhecida como As aventuras de Tintimo. O MILU era o fiel amigo e inseparável parceiro do seu companheiro Tintim. Na história, MILU cometia algumas trapalhadas devido a sua gula. Mesmo assim o cãozinho sempre salvava Tintim das encrencas.

Padrão da raça do Fox Terrier de pelo liso, conforme a CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA

Crânio: plano, moderadamente estreito. Diminuindo gradualmente na largura em direção aos olhos.

Stop: pouco aparente.

REGIÃO FACIAL

Trufa: preta.

Focinho: maxilares, superior e inferior, fortes e musculosos, diminuindo ligeiramente abaixo dos olhos. Esta parte do focinho deve ser moderadamente cinzelada, mas, de maneira a não descer em uma linha reta como uma cunha. Maxilares / Dentes: maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura em tesoura.

Bochechas: nunca cheias.

Olhos: escuros, moderadamente pequenos, os mais redondos possíveis mas não proeminentes. Expressão viva e inteligente.

Orelhas: pequenas, em forma de “V” e caídas para a frente junto às bochechas, não pendentes nas laterais da cabeça. As dobras das orelhas devem estar acima da linha do crânio. O couro das orelhas é de espessura moderada.

PESCOÇO: limpo e musculoso; sem barbelas, de bom comprimento e alargando gradativamente em direção aos ombros.

TRONCO

Dorso: curto, plano e forte sem flacidez.

Lombo: poderoso, levemente arqueado.

Peito: profundo, não largo. Costelas anteriores moderadamente arqueadas; costelas posteriores profundas.

Cortada: de inserção alta e portada alegremente, mas não sobre o dorso ou curvada. De boa força.

Não Cortada: de inserção alta e portada alegremente, mas não sobre o dorso. Tão reta quanto possível. A cauda de comprimento moderado para dar equilíbrio ao cão.

fox_terrier_lisoMEMBROS

Ombros: longos e inclinados, colocados bem para trás e afinando nas pontas. O contorno da cernelha é claramente definido.

Antebraços: vistos por qualquer ângulo, devem ser retos, mostrando uma ligeira ou quase nenhuma angulação de anteriores. Devem apresentar uma forte ossatura.

Patas: pequenas, redondas e compactas. Almofadas duras e resistentes; dedos moderadamente arqueados e não virando nem para dentro, nem para fora.

Posteriores:

Aparência geral: fortes e musculosos, completamente livres de inclinação ou curvatura.

Coxas: longas e poderosas.

Joelhos: bem angulados.

Metatarsos: jarretes bem descidos.

Patas: pequenas, redondas, compactas. Almofadas duras e resistentes; dedos moderadamente arqueados e não virando nem para dentro, nem para fora.

MOVIMENTAÇÃO: anteriores e posteriores portados direcionados para a frente e paralelos. Os cotovelos movimentam-se perpendicularmente ao corpo, trabalhando livremente nas laterais. Joelhos não virando nem para dentro, nem para fora e os jarretes não ficam próximos um do outro. A boa propulsão é proveniente da boa flexibilidade dos posteriores.

PELAGEM

Pelo: reto, assentado, liso, duro, denso e abundante. O ventre e a parte interna das coxas não são desprovidas de pelo.