Cocker Spaniel Inglês


Cocker Spaniel InglesO Cocker Spaniel Inglês é uma raça super popular no Brasil e está presente em vários lares do país. Infelizmente devido à sua grande popularização, hoje encontramos muitos Cockers com desvio de comportamento e padrão, agressivos e nervosos. Mas o normal dessa raça é o oposto disto.

Origem e história da raça

A família Spaniel reúne um dos maiores grupos de cães e um dos mais especializados. O Cocker Spaniel Inglês é um dos Spaniels de Terra. Os Spaniels de Terra reúnem um grande número de spaniels que melhores para espantar a caça, e spaniels menores que eram bons para caçar galinholas. Esses diferentes tamanhos apareciam na mesma ninhada e eram essencialmente duas variações da mesma raça. Só em 1892 os dois tamanhos foram considerados raças distintas, com o de tamanho menor (até 11 Kg) chamado de Cocker spaniel. Na verdade, por terem compartilhado dos mesmos genes, as duas raças ainda compartilham alguns talentos de caça. Em 1901, foi abolido o limite de peso. Os Cocker Spaniels foram extremamente populares na Inglaterra, mas os criadores americanos se dedicaram a alterar a raça de uma forma que não agradou os fãs do tradicional Cocker Spaniel Inglês. Os Cockers inglês e o americano eram apresentados juntos até 1936, quando foi formado o English Cocker Spaniel Club of America, e o Cocker Inglês foi classificado como uma variedade separada. O English Cocker Spaniel Club desaconselhava o cruzamento entre o Cocker inglês e o americano, e em 1946 o Cocker Inglês foi considerado uma raça separada. Após a divisão das raças, o Cocker americano ofuscou o inglês em popularidade, mas apenas na América. No resto do mundo, o Cocker inglês é de longe o mais popular dos dois e é chamado simplesmente de “Cocker Spaniel”.

Temperamento
Possui um instinto caçador mais forte do que a versão americana, e também preciso de muito exercício. Ele é carinhoso, curioso, expressivo, devotado, dócil, leal e sensível. Esse é um cachorro bastante sociável que gosta de ficar perto de sua família humana.

Cuidados

Ele precisa sair ao livre todos os dias, de preferência fazendo longos passeios com coleira ou com atividades intensas no quintal. O Cocker Inglês é um cachorro tão social que ele vive melhor dentro de casa e brincando ao ar livre. O pelo de tamanho médio precisa ser escovado de duas a três vezes por semana, além de aparos na região da cabeça, e cortes ao redor dos pés e da cauda a cada dois meses. É necessário limpar as orelhas toda semana.

Saúde do Cocker Spaniel Inglês

Principais Preocupações: PRA
Preocupações Menores: Cataratas, CHD, nefropatia familiar
Vistos Ocasionalmente: Glaucoma, cardiomiopatia
Exames Sugeridos: Audição (para o parti cor), olhos, quadril, (joelho)
Expectativa de vida: 12 á 14 anos

 

  • Família: Gundog, Spaniel
  • Área de origem: Inglaterra
  • Função original: Espantar e capturar aves
  • Tamanho médio do macho: Alt: 40-43 cm, Peso: 12-15 kg
  • Tamanho médio da fêmea: Alt: 38-40 cm, Peso: 11-14 kg
  • Outros nomes: Cocker Spaniel
  • Grupo 8
  • Posição no ranking de inteligência: 18ª posição

 

Cocker Spaniel InglesCães semelhantes:

Water Spaniel Americano
Clumber Spaniel
Cocker Spaniel Americano
Springer Spaniel Inglês
Field Spaniel
Water Spaniel Irlandês
Spaniel de Sussex
Welsh Springer Spaniel

 

APARÊNCIA GERAL: Alegre, robusto, esportivo, bem balanceado, compacto, medindo da cernelha ao solo aproximadamente o mesmo que da cernelha à raiz da cauda.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA

Crânio: Bem desenvolvido, nitidamente cinzelado, nem muito afilado nem muito grosseiro.

REGIÃO FACIAL

Trufa: Suficientemente larga para favorecer a capacidade do faro.

Focinho: Quadrado.

Maxilares / Dentes: Maxilares fortes, com uma perfeita, regular e completa mordedura em tesoura.

Bochechas: Não proeminentes.

Olhos: Cheios, mas não proeminentes. Marrom escuros ou marrons, no caso de cães de cor fígado, fígado ruão e fígado e branco, os olhos são de cor avelã escura, em harmonia com a pelagem; com expressão de inteligência e meiguice, porém alerta, esperto e brilhante; pálpebras bem ajustadas.


Orelhas: Lobulares, de inserção baixa, no nível dos olhos. Couro fino, estendendo-se até a ponta da trufa. Bem revestidas com pelos longos, lisos e sedosos.

PESCOÇO: Comprimento moderado; musculoso. Bem ajustado em ombros bem inclinados. Garganta sem barbelas.

TRONCO: Forte e compacto.

Linha superior: Firme, nivelada, suavemente descendente do final do lombo à raiz da cauda.

Lombo: Curto e largo.

Peito: Bem desenvolvido e profundo; nem muito largo nem muito estreito na frente.

Costelas: Bem arqueadas.

CAUDA: Inserida ligeiramente abaixo da linha do dorso. Deve ser alegre em movimento e portada em nível, nunca voltada para cima.

MEMBROS

 

CockerSpanielInglesAnteriores: Com boa ossatura, retos, suficientemente curtos para concentrar a força. Não muito curtos a ponto de interferir no tremendo empenho que é esperado deste magnífico cão de caça.

Ombros: Bem inclinados e refinados.

Patas: Firmes, com almofadas grossas e pés de gato.

Posteriores: Largos, bem arredondados e muito musculosos; com boa ossatura.

Joelhos: Bem angulados.

Jarretes: Curtos, permitindo uma grande propulsão.

PATAS: Firmes, com almofadas grossas e pés de gato.

MOVIMENTAÇÃO: Andadura fluente, com grande propulsão e boa cobertura de solo.

 

PELAGEM

Pelo: Liso, de textura sedosa, jamais de arame ou ondulado; não muito abundante e nunca encaracolado. Bem franjado nos anteriores, corpo e acima dos jarretes.

CORES: Várias.

 

Veja Mais Artigos