Afghan Hound


afghan_hound_principalAfghan Hound é uma companhia excelente para quem tem um estilo de vida fino e elegante.

O Afghan é um cão de porte grande e muito teimoso, sua fama é de distante, mas com seu dono ele é bem diferente. Está raça só escolhe seu dono com aproximadamente 5 meses, a partir desse período se os separarem,  seu comportamento muda totalmente, até mesmo recusando comida e brincadeiras. Possui um espírito caçador, mas nem por isso deixa de ser engraçado e brincalhão. Ele necessita de bastante espaço para correr, por isso não é indicado para apartamentos e ambientes pequenos. Afghan possui um charme e elegância que pertence somente a ele.

Essa raça tem uma maneira única de movimentação, quando caminha seus passos são leves e sua cauda é erguida, dando a ele um encanto ainda maior. Quando o Afghan Hound para, sua postura é irrepreensível  sempre com o pescoço ereto, olhando de um lado para o outro, tentando mostrar aos que estão ao seu redor, que ele é único e o melhor. Nem quando está deitado o Afghan Hound perde sua nobreza.

Outra característica forte desta raça é de não latir por qualquer motivo, como seus antepassados caçavam em matilha e andavam em grupos, hoje essa raça se da bem com outros cães.

Origem e história raça

Com raízes que datam do tempo dos faraós egípcios, o Afghan Hound é uma raça antiga derivada do grupo dos Sighthounds do Oriente Médio. Apesar de raízes tão ilustres, a maior parte do desenvolvimento do Afghan Hound é resultado de sua utilização por tribos nômades como um cão corredor capaz de trazer carne de lebre e de gazela para a panela. Os cães costumavam caçar com a ajuda de falcões, treinados para se lançar nas pedreiras. Gerações de caçadores no difícil terreno montanhoso do Afeganistão produziram um cão rápido que também possuía uma boa dose de resistência, mas que acima de tudo, tinha agilidade e uma incrível capacidade para saltar. Sua longa pelagem o protegia do clima frio. Esses cães ficaram isolados por séculos, escondidos nas montanhas impenetráveis do Afeganistão . O primeiro Afghan Hound chegou à Inglaterra no começo dos anos de 1900; nessa época esses cachorros eram chamados de Galgos Persas ou Barukhzy Hounds. Esses cães eram um grupo diversificado, assim foi criado um padrão de perfeição inspirado em Zardin, um cão particularmente impressionante, descrito como o mais elegante cão de raça da época. Sua popularidade cresceu lentamente, e o cão atraça principalmente por seu aspecto glamoroso. Sua popularidade exposições cresceu mais rápido com o Afghan se tornando rapidamente um dos mais competitivos e glamorosos cães das exposições. Nos anos 70, o Afghan se tornou a raça da moda, mas desde então diminuiu sua popularidade.

  • Raça: Afghan Hound
  • Grupo: 10
  • Ranking da inteligência: 79
  • País de origem: Afeganistão
  • Nome Original: Afghan Hound
  • Utilização: Corrida
  • Porte: Grande
  • Necessidade de exercícios: Alta
  • Temperamento: Leve, indiferente, digno.
  • Adestrabilidade: Baixa

_afghan_hound_amamosTemperamento

Apesar de sua glamorosa reputação, ele tem um espírito caçador, criado para perseguir sua caça por terrenos acidentados. Enquanto mantém internamente seu porte digno, ele precisa ter a oportunidade de esticar as pernas diariamente em uma área segura. Seu pior traço é uma relutância em vir quando é chamado. Lá fora, ele irá caçar pequenos animais. Dentro de casa, ele vai conviver pacificamente. É gentil com crianças e é descrito por algumas pessoas como um tipo felino. É independente, mas sensível, e não abertamente afetuoso. Ele pode ser reservado com estranhos, alguns até tímidos. Mas ele tem um lado alegre e engraçado.

Filhotes:

Afghan quando filhote, parece mais ser outra raça ou uma mistura de raças, são bem diferentes de quando adultos. Quando filhotes seu focinho é largo e curto, sua pelagem também é diferente, seus pelos são macios com aparecia mais selvagem. Mas na maneira em que vão crescendo a mudança é nítida, e com o passar do meses viram essa beldade de cachorro.

Cuidados

O Afghan precisa fazer esforços diariamente, seja por meio de uma longa caminhada seguida por uma corrida curta, ou, de preferência, tendo a chance de correr em velocidade máxima em área segura e delimitada. Embora seu pelo possa deixá-lo confortável para viver ao ar livre em áreas temperadas, esse cão irá preferir uma cama confortável e um interno. Não é fácil manter essa belíssima pelagem do Afghan, os pelos exigem cuidados especiais, especialmente durante a troca de pelos do filhote; a maioria dos pelos adultos precisa ser escovada ou penteados a cada dois ou trás dias, evitando assim nós e o embaraço dos pelos. As rasqueadeiras são últimas ferramentas para a remoção dos pelos mortos e a manutenção da pelagem.

Saúde

  • Principais Preocupações: Nenhuma
  • Menores Preocupações: Catarata
  • Vistos Ocasionalmente  Mielopatia, CHD (Displasia canine do Hip)
  • Exames sugeridos: Olhos
  • Observações: Sensível à anestesia, propenso a lesões da cauda.

Cães semelhantes ao Afghan Hound

-Borzoi
-Greyhound
-Irish Wolfhound
-Saluki (ou Gazelle Hound)
Basenji
-Ibizan Hound
-Cão do Faraó
-Rhodesian Ridgeback
-Scottish Deerhound

 

APARÊNCIA GERAL: Dá uma impressão de força e dignidade, combinando velocidade e poder. A cabeça é portada orgulhosamente.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA

Crânio: Longo, não muito estreito, com occipital proeminente. Bem balanceado e coberto por um longo topete.

REGIÃO FACIAL

Trufa: De preferência preta; sendo a cor fígado permitida em cães de pelagem clara.

Focinho: Longo com maxilares fortes.

Maxilares / Dentes: Maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura em tesoura. Mordedura em torquês é tolerada.

Olhos: Escuros, de preferência, mas a cor dourada não deve ser penalizada. Quase triangulares, ligeiramente oblíquos, dirigindo-se para cima do canto interno para o canto externo.

Orelhas: Inseridas baixas e bem para três, portadas próximas  à cabeça. Cobertas por longos pelos sedosos.

PATAS: As anteriores são fortes e muito grandes tanto em comprimento quanto na largura e cobertas por pelos longos e espessos, dedos arqueados. Almofadas plantares bem apoiadas no solo. Patas posteriores longas, mas não tão longas quanto as anteriores, cobertas por pelos longos e espessos.

MOVIMENTAÇÃO: Suave e elástica com estilo de alta classe.

PESCOÇO: Longo, forte e com um orgulhoso porte da cabeça.

afghan-hound_TRONCO

Dorso: Nivelado, de comprimento moderado, bem musculoso.

Lombo: Reto, largo e bastante curto.

Garupa: Caindo ligeiramente para a cauda. Ossos do ilíaco proeminentes e afastados.

Peito: De boa profundidade com costelas bem arqueadas.

CAUDA: Não muito curta. De inserção baixa com um anel no final. Elevada, quando o cão está em ação. Com pelos escassos.

MEMBROS

Anteriores: Retos e de boa ossatura; nivelados com os ombros, quando vistos de frente.

Ombros: Longos e oblíquos, bem colocados para trás, bem musculosos e fortes sem serem carregados.

Braços: Longos e inclinados.

Cotovelos: Vistos de perfil, verticalmente abaixo da cernelha. Próximos à caixa torácica. Não virando nem para dentro, nem para fora.

Metacarpos: Longos e elásticos.

Posteriores: Poderosos. Bem compridos entre os ossos das ancas e os jarretes, com uma distância comparativamente curta entre os jarretes e as patas.

Joelhos: Bem inclinados e bem angulados.

Ergôs: Podem ser removidos.