Parvovirose 1


parvoviroseParvovirose, a temida doença que nenhum dono de cachorro deseja ouvir como diagnostico de algum veterinário. É uma das doenças mais conhecidas e também a mais contagiosa entre os cães. É uma virose que pode ser chamada de Enterite Canina Parvoviral.

Normalmente essa virose ataca cães mais jovens e filhotes, pois ainda possuem a imunidade baixa e são pouco resistentes. A taxa de mortalidade é muito elevada, em torno de 80% dos cães mais jovens, raças puras e cães debilitados por verminoses, normalmente não resistem à doença.

É uma doença causada por um vírus chamado Zoonose, é capaz de atacar o cão e o homem. Porém em humanos ela manifesta-se sob a forma de infecções nos olhos e vias respiratórias, sem maiores gravidades, ao contrario dos cachorros, que normalmente é considerada fatal.

No mundo canino, esta doença prevalece em foco principal no aparelho digestivo, causando febres altas, muitas vezes atingi 41ºC. Nesta fase inicial o cão fica sem apetite e sonolento, após inicia o clico de vômito e diarreia escura com sangue e muito odor nas fezes. Alguns cachorros também possuem tosse, inchaço nos olhos e inflamação da côrnea (conjuntivite). Pode ocorrer à inflamação do coração do animal (Miocardite), normalmente isso só ocorre em animais mais jovens, quando isso acontece, as chances de sobreviver são mínimas, muitas vezes em horas ou poucos dias o cão ira falecer. Se essa doença manifestar-se em cães mais velhos, a febre e outros sintomas não serão tão intensos.

Diagnóstico

Devem ser realizados por meio de exames laboratoriais.

Tratamento

Após o diagnóstico confirmado, o tratamento deve ser feito em uma clínica veterinária, é realizado basicamente em aplicações via parenteral e oral de soluções isotônicas de sais minerais, glicose e vitaminas, isso tudo ajuda na recuperação do animal e prevenindo a desidratação causada pelas diarreias e vômitos frequentes. Os antibióticos devem ser administrados para combater e prevenir infecções secundárias, mas eles não têm nenhuma ação contra o vírus. Os Antieméticos e Antiácidos também são usados na recuperação do cão.

cachorro_doentePrevenção e imunização

A imunização e prevenção da doença são feitas através da vacinação, com as vacinas V8 ou V10. Devem ser aplicadas nas fêmeas antes da cobertura, assim garantirá uma boa dose de imunização aos filhotes. Durante a gestação e o período de amamentação os anticorpos são transmitidos de mãe para filhos. Após este período, os filhotes devem receber a primeira dose da vacina com cerca de 45 dias de vida, com 75 dias a segunda dose, e com 105 dias de vida a última dose e reforço da vacina. É recomendado a revacinação anual para todos os cães, independente da idade do animal.

No caso de alguém ter perdido um cão pela Parvovirose, É de suma importância  não levar um novo cachorro para o local por um bom período, pois o ambiente ficará contaminado com a doença e poderá atacar o seu novo cão.

A desinfecção doméstica é um grave problema em relação ao Parvovírus, pois é altamente resistente, principalmente em locais mais úmidos e frios ou que recebem pouco sol.

Lembre-se, ninguém conhece melhor o seu cão do que você mesmo, por isso fique sempre atento a qualquer mudança na rotina e no comportamento do seu Pet.

Confira aqui um artigo sobre vacinar ou não vacinar o seu Cão


Um pensamento em “Parvovirose

Os comentários estão desativados.