Como proteger seu cão nos dias mais gelados 4


invernoO mito que os cães não sentem frio já foi quebrado há muito tempo. Os cachorros sentem frio sim e podem muitas vezes acabam ficando doentes ou até mesmo indo a óbito se certas precauções não forem adotadas por seus donos. O foco central  deste artigo é justamente esse: O que fazer para proteger seu pet nos dias mais gelados.

Estudos comprovam que com apenas 21ºC os cachorros já começam a sentir frio, principalmente os cães com pelagens curtas. Mas isso não significa que cães com pelagem maiores também não sinta frio. Do mesmo modo é necessário ter uma atenção redobrada com os filhotes nos dias mais gelados.

Mas e ai, o que podemos fazer para nossos cachorros ficarem devidamente protegidos do frio?

Cães de ambiente interno são mais fáceis e simples de protegê-los do frio, afinal dentro da nossa casa a temperatura sempre será mais amena, em relação à temperatura externa.  Principalmente em lares que tenha aquecedores, ar-condicionado ou até mesmo os tradicionais fogões a lenha das regiões Sul.  Mesmo assim é fundamental que os cachorros tenham nas suas camas no período do inverno, cobertores ou panos, isso ajudará um pouco o cão a manter a temperatura. As famosas caminhas iglu também são muito procuradas nessa época do ano, pois o cão ficará dentro dela e a própria respiração do animal vai ajudando a manter a caminha/casinha  mais aquecida.

Outra dica legal são as roupas para os pets, aliás, estão cada vez mais na moda e além de deixar seu cachorro super fashion, manterá ele quentinho! As roupinhas para cães, assim como roupas para pessoas, mudam conforme a estação do ano. Alguns donos de cães usam as roupas em seus pets até mesmo no verão, mas claro, com tecidos mais finos e leves. Já no inverno as roupas devem ser mais “pesadas”, como tecidos de plush, forrados, moletom, tecidos aveludados e até mesmo a lã. Mas lembre-se, não são todos os cães que gostam de usar as roupas, alguns simplesmente as odeiam outros cães possuem alergia a certos tecidos, então fique atento.

Para quem ainda quiser dar um toque todo especial em seu cão, pode ser usado meias, botinhas ou tênis. Essa dica dos calçados é super bacana na hora do passeio no  período do inverno, pois em muitas regiões o inverno além de ser muito frio é úmido. Com isso os cachorros acabam molhando suas patinhas e naturalmente ficando com mais frio.

Os cães que vivem em ambientes externos necessitam de um local fechado e seguro, principalmente para o frio e dias chuvosos, indiferente se eles forem cães de segurança, pastoreiros ou qualquer tipo de cachorro que vive em área externa. Muitos cachorros que vivem nesse tipo de ambiente,  sem um local confiável, acabam não suportando o inverno.

casa cachorro

Esses cães primeiramente precisam de uma casinha fechada com telhado e chão. Na imagem ao lado há um exemplo de como deveria ser as casas para cachorro de ambiente externo. Com esse tipo de abertura o cão não passará tanto frio.

Claro que além da casa eles necessitam de uma cama né? Afinal, ninguém gosta de dormir no chão duro e gelado. Essas caminhas podem ser simples, até mesmo você pode fazer uma cama para seu pet. Pode ser usados também, travesseiros e cobertores, aqueles que você não usa mais em casa, pois já está velho ou com pequenos rasgos. Para seu cachorro não importa se o produto é novo ou usado, o importante será protegê-lo.

Alimentação e higienização

No inverno os animais no geral se alimentam mais, com isso terão uma resistência melhor ao frio, pois as baixas temperaturas aumentam o gasto energético dos cães. Nessa época você pode aumentar a dosagem de ração ou do alimento em até 20%.

O período dos banhos deve ser aumento também, ou seja, se no verão você dava banho em seu pet a cada uma semana ou 15 dias, no inverno esse período pode ser dobrado. Mas nunca se esqueça: Banho somente com água quente, local fechado ou com pouca circulação de ar, e após o banho secagem total da pelagem com o auxilio de um secador e um pente ou rasqueadeira para desembaraçar os pelos. De preferência use o secador na temperatura média, a temperatura alta também pode ser usada, mas para quem sabe administrá-la, porque a pele dos cães é muito mais sensível do que imaginamos, dependendo da situação poderá ocorrer irritação ou queimaduras com as altas temperaturas próximas a pele do animal.

Doenças:

As doenças também costumam ser mais corriqueiras no inverno. Exemplo cinomose, parvovirose, entre outras.

A tosse dos canis ou conhecida popularmente como gripe canina, adora aparecer nessa época do ano. A prevenção dessa doença é feita através da vacinação, com uma dose anual. Consulte um veterinário se perceber qualquer alteração no seu cachorro.


4 pensamentos em “Como proteger seu cão nos dias mais gelados

Os comentários estão desativados.